Disney Very Merry Christmas 2012

Todos os anos acontece o Natal mágico do Mickey no parque Magic Kingdom nos meses de Novembro e Dezembro. Para quem vai estar por Orlando nessa época do ano é uma ótima garantir ingressos antecipados, pois não serão todos os dias dos meses, somente algumas datas específicas: Novembro: 9, 12, 15, 25, 27 e 29 e Dezembro: 2, 4, 6, 9, 11, 13, 16 e 18. Os ingressos além de esgotarem muito rápido vão aumentando de preços conforme vai se aproximando das datas. As vendas abriram há poucas semanas e vamos mostrar o passo a passo para comprar ingressos direto do site da Disney, afinal, ligamos para 3 agênicas grandes de turismo do Brasil e nenhuma delas vende ingresso para esse tipo de evento especial.

1º passo:

Entrar no site da Disney (o site não é o da Disney Brasil, portanto é todo em inglês): http://disneyworld.disney.go.com/parks/magic-kingdom/special-events/mickeys-very-merry-christmas-party/
Ao entrar no site você tem opções de ver vídeos do evento e fotos também. Ao clicar em Storybook você pode ir montando uma historinha com personagens Disney e vendo vídeos de pedaços do evento(só para diversão mesmo).

2º passo:

Clique no botão “Buy Tickets Now!” indicado a seguir pela seta vermelha

3º passo:

Observe e escolha as datas disponíveis para compra. Caso esteja comprando ingressos para pessoas maiores de 10 anos esolha a opção: (Ages 10 and Up) ou caso esteja comprando apra crianças menores de 10 anos escolha (Ages 3-9). Selecione a quantidade de ingressos desejada

Ao selecionar a quantidade de tickets o valor final aparecerá na lateral direita da tela. Clique em Check out.

Passo 4:

Na página seguinte você deverá escolher de que modo deseja receber seus ingressos. Caso queira receber por Correios deverá selecionar International Express ao custo de $25,00(dólares). Você também pode escolher a forma “Will Call” que permite que você retire o ticket na bilheteria do parque até 30 minutos antes do evento, mas lembre-se, como já falamos em posts anteriores, por exepriência, as filas dos parques são enormes. Nós escolhemos a forma mais em conta em menos trabalhosa que foi o e-ticket para imprimir em casa e apresentar diretamente na roleta de entrada do parque. Clique em “Continue”.

Passo 5:

Em seguida você será direcionado à página de pagamento que deverá ser feito em cartão de crédito internacional(lembre-se de habilitar seu cartão internacional junto à operadora, por exemplo: VISA, para compras internacionais). Clique em “Credit Card” e preencha com os dados do seu cartão de crédito.

Preencha em seguida os seus dados com endereço residencial do Brasil.

Aceite os termos e condições (role a barra de rolagem do termo até o fim para clicar na caixinha conforme mostra a seta) e clique em “Continue”.

Passo 6:

Aparcerá uma tela com os dados da sua compra. Caso estejam corretos clique em “Continue”. Você verá uma tela de confirmação com um número(anote-o) e será direcionado à página de impressão dos tickets. Digite o número da sua confirmação o campo “Confirmation Number” e digite seu cep residencial no campo “Billing Address Zip Code” em seguida clique em “Submit”.

Passo 7:

Clique em salvar ou abrir para ver seu e-ticket em PDF. Para utilizá-lo basta imprimir e apresentar diretamente na entrada do parque sem a necessidade de trocar na bilheteria no dia do evento escolhido. Além disso, será enviado para o seu e-mail um link para acessar a confirmação quando e onde quiser.

Observações especiais:

- Vale lembrar que quem comprar o ingresso para o Disney Very Merry Christmas não terá direito de entrar no parque durante o dia, pois, os portões serão abertos somente a partir das 19:00h. Quem quiser fazer parque durante o dia + evento à noite, deverá comprar 2 ingressos: 1 para o evento da noite e outro para o parque de dia.

- Durante a parada de Natal que ocorre na Main Street (a rua principal do parque) os personagens irão distribuir chocolate quente e biscoitos de gengibre para o público, para isso, procure ficar posicionado bem na frente, o mais próximo possível dos personagens.

- Lembre-se que nesta época do ano o clima já está bem mais ameno com a proximidade do inverno no hemisfério norte e por isso, estará mais frio, em especial à noite. Ano passado chegamos a pegar 9ºC em Novembro.

- No final da noite, ocorrerá uma apresentação(espécie de teatro) no castelo da Cinderela que no final culminará com o castelo todo ilumnado seguido de uma linda queima de fogos.

- Em Orlando não neva, mas como na Disney tudo é possível, eles farão “nevar” de mentirinha no parque, fique esperto, é lindo ver a neve sem sentir o gelado.

- O parque certamente estará muito cheio, em especial por ser um evento com dias limitados. Portanto, se estiver com crianças passe no serviço de atencimento aos clientes e peça uma identificação para colocar nelas com nome do responsável e telefone de contato.

-Os mesmo serviços oferecidos durante o dia funcionarão à noite, como os restaurantes, lockers para guardar seus pertences, aluguel de carrinho de bebê e cadeiras de rodas, lojinhas e tudo mais.

- Organize-se: se acha cansativo ficar no parque o dia inteiro, imagina emendar um dia com uma noite de envento até altas horas! Caso seja possível, programe-se para não vicitar nenhum parque durante o dia do evento e ir somente à noite, quando certamente você estará mais descansado e aproveitará tudo! Nós nunca emendamos um dia inteiro no parque com eventos especiais.

-Caso queira visitar o parque de dia, você deverá entrar com o passe dos parques normais como explicamos AQUI e depois deverá sair e ingressar no parque novamente após as 19:00h com o ingresso do evento especial.

Aproveite esse evento mágico e cheio de surpresas na Disney, pois, realmente é encantador!

Publicado em Estados Unidos, Orlando | Com a tag , , , , , | Deixar um comentário

Visitando o Castelo de Heidelberg

O Castelo é a atração turística mais visitada da cidade de Heidelberg. Seu estilo mistura um pouco de barroco e renancentista. A contrução foi feita no decorrer de 400 anos e é um complexo com vários prédios. No século 16 era uma das residências mais bonitas, porém como passou por vários processos destrutivos como na Guerra dos 9 anos e por ter abrigado a reforma protestante, alguns deles encontram-se em ruínas mas que ainda permitem ser visitadas.

Para subir ao Castelo existem duas alternativas: uma trilha com uma subida íngreme por uma trilha lateral (prepare as pernas!) ou de funicular que além de ser mais confortável te toda a emoção do momento. Optamos por subir de funicular, claro!

Para entrar no castelo é preciso comprar ingresso na bilheteria que custa 5 Euros para adultos e 3 Euros para crianças incluindo a subida de funicular, visita ao pátio do castelo, visita ao barril de vinho e ao Museu da Famácia e os Jardins. Se optar subir pela trilha (sem o funicular) o ingresso é 3 Euros para adultos e 1,50 Euros para crianças. Como o castelo teve influência em sua construção de várias pessoas, cada prédio tem um estilo próprio. O prédio Ruprechtsbau é a construção mais antiga e tem influência gótica tendo sido construído em 1400.

Outro prédio interessante é o Friedrichsbau construído entre 1601 a 1607. A fachada é decorada com estátuas de 16 príncipes da dinastia Wittelsbach.

O prédio Ottheinrichsbau é o mais importante do Castelo. Possui 3 andares e na sua fachada há figuras dos personagens do Antigo Testamento, além de figuras de deuses e deusas e os nomes dos grandes planetas. Além disso, é no seu interior que fica a farmácia.

O interior do Castelo é fantástico!

Do alto do castelo é possível observar a cidade de Heidelberg e que parece uma cidade de mentirinha de tão bonitinha e arquitetonicamente perfeita.

A descida do Castelo/retorno para a Cidade nós resolvemos fazer a pé para apreciar a trilha lateral ao Castelo e realmente não decepcionou, afinal a cada passo nos rendia beliíssimas fotos.

No castelo tem também o maior barril do mundo que segundo a história, foi construído para guardar as doações dos moradores medievais da cidade que não podiam pagar seus impostos em moedas e então pagavam com vinho.

Tem inclusive uma escadinha para subir no topo dele.

Anexo ao castelo tem ainda uma lojinha que vende souvenirs e uma lanchonete.

Fique atento ao horário de visitas que é diferente para algumas áreas:

-A visita ao pátio do castelo, barril gigante de vinho e jardins: diariamente das 8h até 17:30h
-Dentro do castelo: visitas guiadas diariamente em alemão e inglês das 8h até 17:30h
- Para o Museu da Farmácia: abril até outubro: 10:15h até 18h e de novembro até março: 10h até 17:30h.

Publicado em Heidelberg | Com a tag , , , | Deixar um comentário

Onde se hospedar em Heidelberg

Quando decidimos que íamos para Heidelberg, procuramos uma opção de hospedagem que fosse próximo à estação de trem da Cidade (explicaremos em outro post como é viajar de trem pela Alemanha) e que nos permitisse fácil deslocamento às principais atrações.

Encontramos então o IBIS Heidelberg que fica bem ao lado da estação de trem e na frente de um terminal rodoviário e um ponto onde param os Straßenbahn (bondes). O hotel segue o padrão da rede com conforto na medida certa.

Os quartos são no tamanho ideal para um casal com cama super confortável e atendimento de primeira na recepção do hotel.

Os banheiros possuem uma pequena banheira e chuveiro bem quente.

Na diária não está incluso café da manhã pelo qual cobravam por pessoa + 10,00 EUR mas, como no nosso quarto tínhamos frigobar comprávamos itens para nosso desjejum no supermercado próximo ao hotel e de manhã voilá. O IBIS fica bem ao lado de um McDonalds que nos salvou também no dia que chegamos e não tínhamos nenhuma referência de restaurante ainda para comer. Aliás, as batatas fritas do Mc Donalds da Alemanha são totalmente diferentes da do Brasil e do resto do mundo. Parecem cortadas com casca mesmo e empanada em um tipo de tempero especial antes de serem fritas. Simplesmente a melhor batata frita do mundo chamada de Deluxe French Fries! Ah, e vende no supermercado de lá uma semelhante que aguardamos anciosos o dia que chegarão no Brasil(talvez nunca).

Foto retirada do site do McDonalds

Pagamos 66,00 EUR a diária para o casal e o check-in e reservamos novamente pelo HRS como falamos nesse post AQUI. O endereço do hotel é:Willy Brandt Platz 3 | 69115 HEIDELBERG | Alemanha

Publicado em Heidelberg | Deixar um comentário

É Natal o ano inteiro em Rothenburg

Papai Noel 365 dias por ano? E trazendo os presentes de carro ao invés de trenó? É possíve? Sim, em Rothenburg tudo isso acontece! É que apesar da Cidade ser muito pequena pequena e as atrações turísticas serem limitadas, existe um aspecto que atrai muitos turistas: a loja “Weihnachtsdorf Käthe Wohlfahrt” e o Museu do Natal (localizado na mesma loja).

Essa é a maior loja de artigos natalinos da Europa, aberta durante o ano todo, que vende milhares de artigos Natalinos como presépios, quebra-nozes, velas, toalhas de mesa, bolas e enfeites de Natal e tudo que sua imaginação sonhar ou nem tiver sonhado ainda.

Para entrar ainda mais no clima de Natal um Jeep do Papai Noel fica “estacionado” bem na porta da Loja dando boas vindas aos visitantes e carregado de “presentes”.

No interior da loja uma árvore de Natal de 5 metros de altura e toda enfeitada já dá o tom do que está por vir.

Vários cenários com direito à quebra-nozes gigante, muitas bolas e enfeites ornamentam os numerosos corredores. Além de toda essa belezura, ainda tem o Museu do Natal onde é contada a história dos Natais da Alemanha entre 1800 e 1960. É possível ver também os primeiros enfeites para as árvores feitos de vidro, algodão, papel e madeira, e o desenvolvimento da decoração de natal dessa época além dos primeiros cartões de Natal e uma coleção impressionante de árvores de Natal de várias épocas.

Fizemos um vídeo para o Canal Jovens Viajantes muuuuuiiiitoooo rapidinho, pois é proibido filmar e fotografar o interior da loja.

Para entrar na loja não paga nada, porém, para visitar o muse do natal é cobrado ingresso que custa:

- adultos: 4 euros
- crianças: 2 euros

Publicado em Alemanha, Rothenburg ob der Tauber | Com a tag , , , , | 1 comentário

Rothenburg ob der Tauber – uma relíquia da Idade Média na Alemanha

Quem chega de trem na pequena estação de Rothenburg ob der Tauber não faz idéia da incrível cidade que se esconde a poucos metros dali. A cidade se localiza no estado da Baviera na Alemanha e fica acima do vale do rio Tauber, na chamada Rota Romântica (Romantische Straße), no sul da Alemanha.

É só atravessar o pórtico que dá acesso ao Centro histórico que a configuração muda.

Em nenhum outro lugar da Alemanha a Idade Média foi tão bem conservada como nessa cidade. Uma enorme muralha que servia de proteção e cerca todo o centro histórico está super bem conservada.

E o grande barato é que não só é permitido admirar e tocar a “grande muralha”, como também é possível subir nela e caminhar ao redor da Cidade toda .

É foi lá do alto que começamos a admirar a Cidade que parece inspirada em um verdadeiro conto de fadas. Aliás, qualquer semelhança não será mera coincidência, pois, foi aqui que Walt Disney se inspirou para criar a vila de Gepeto do desenho Pinóquio. Muitos anos depois a cidade voltou a inspirar em Harry Potter e as Relíquias da Morte, que serviu de cenário para algumas cenas do filme.

Não é de se espantar que as casinhas chamem tanta atenção. As chamadas “fachwerkhaus” (como são denominadas as casas antigas) são puro luxo porém com a arquitetura preservada. O casamento do antigo e do moderno torna-se perfeito que até uma simples farmácia ou lojinha fica incrível.

Caminhando pela rua principal chegamos à Marktplatz (Praça do Mercado) onde fica a Fonte de São Jorge (em Alemão Herterichsbrunnen) construída em 1608, tem uma profundidade de oito metros e uma capacidade de cem mil litros. Devido a localização geográfica da Cidade acima do rio, o abastecimento de água era um problema antigamente em Rothenburg. Por isso, em toda cidade existem diversas fontes de água. Além de fornecer água potável para a população, as fontes eram um reservatório para apagar os incêndios.

Outro aspecto que chama atenção na arquitetura da Cidade são os letreiros das lojas e hotéis feitos em ferro forjado e com uma riqueza de detalhes impressionante.

Na Marktplatz também fica o prédio mais importante, a Rathaus (prefeitura), uma mistura dos estilos gótico e renascentista. Do alto de sua torre(aberta à visitação do público mas cobra ingresso) dá para observar a Cidade toda.

Fizemos um vídeo para o Canal Jovens Viajantes mostrando nosso passeio por Rhotenburg e sua muralha.

Não alugamos carro porque é muito complicado estacionar devido à escassez de vagas (lembre-se: era uma cidade Medieval) e também porque todo esse roteiro dá perfeitamente para ser feito a pé e em dois dias. Para qual lado que você olhe nessa cidadezinha, você vai encontrar um ângulo encantador.

Publicado em Rothenburg ob der Tauber | 3 comentários

Onde se hospedar em Rothenburg ob der Tauber

Chegamos à Rothenbur quase na hora do almoço e seguimos logo apra nosso hotel onde deixamos as malas e fomos procurar algo para comer. Ficamos hospedados no Hotel Post Gasthof que fica muito próximo à estação de trem da Cidade, aliás basta atravessar a rua e caminhar poucos metros à frente.

Além de facílimo de chegar aos pontos turísticos da Cidade, o hotel fica a uns 100 metros do portal da muralha (falaremos nos próximos posts).

O hotel é uma gracinha e os donos, que atendem na recepção e inclusive moram no hotel, são ótimos, super atenciosos e de uma delicadeza ímpar. Deixaram as chaves da porta de entrada do hotel e do quarto conosco (a recepção do hotel só funciona até o início da noite e depois os hóspedes entram e saem por conta) para que pudéssemos nos sentir mais à vontade e voltar a hora que desejássemos. Ficamos em um quarto no segundo andar(não tem elevador assim como a grande maioria das construções da Cidade, por se tratarem de construções antigas e históricas). O quarto era confortável o suficiente com banheiro individual e uma deliciosa vista para o verde.

No térreo do hotel fica o restaurante administrado e servido pelos próprios donos. Eles servem café da manhã(pago à parte) e também tem um bar com petiscos e drinks e óbvio muita cerveja.

Fizemos a reserva pelo site HRS cuja maioria dos hotéis disponíveis fica na Europa. Arriscamos pois não conhecíamos o site, poré, a reserva foi perfeita e rápida e funciona exatamente como o Booking.com. A diferença é que no Booking não havia nenhum hotel que nos agradasse tanto e nem com preços razoáveis. Pagamos super barato, 50 Euros a diária, considerando os preços na Europa foi uma pexinxa! Clique AQUI para cair diretamente na página de reservas desse hotel no HRS. O endereço do hotel é:

Ansbacher Str. 27, 91541, Rothenburg – Bayern

Curiosidade: Saímos muito cedo para pegar nosso trem com destino à outra Cidade da Alemanha e por isso os donos ainda não haviam acordado e a recepção estava fechada. Porém, ainda não tínhamos pago pelas diárias(pois só deveríamos pagar na saída segundo a política do hotel). Ficamos sem saber o que fazer, batemos palmas na recepção e nada! Decidimos então deixar o dinheiro dentro de uma gaveta na recepção junto às chaves e quando chegamos na cidade seguinte ligamos para avisar sobre o ocorrido. A dona foi super simpática e nos agradeceu, isto é, o povo Alemão dá um enorme voto de confiança inclusive à estrangeiros. Seja simpático e retribua todas as gentilezas.

Publicado em Rothenburg ob der Tauber | Com a tag , , | Deixar um comentário

Jovens Viajantes no Facebook

Gostou do nosso site?

Clique AQUI e curta nossa página no Facebook. Acompanhe em tempo real nossas postagens e fotos dos lugares que visitamos.

Publicado em Na Mídia, Sobre o blog | Com a tag , , | Deixar um comentário

O que fazer em Berlin – roteiro de 3 dias

Estando em Berlin, uma cidade com tantos atrativos e com distâncias consideráveis entre os principais pontos turísticos, é preciso se organizar para não perder tempo e conhecer as atrações prioncipais da Cidade. Decidimos então comprar o passe dos ônibus Hop-on / Hop-off pelos quais você pode descer em qualquer parte turística da cidade e depois é só esperar no mesmo local (nos horários pré determinados pelas empresas) e subir novamente no ônibus quantas vezes desejar sem pagar nem um centavinho a mais por isso.

Nossa primeira parada, ou melhor, descida, foi a visita ao Muro de Berlin e ao Checkpoint Charlie que falamos nesse post aqui. Dependendo do seu interesse pelo assunto e se quiser ler (em inglês) os detalhes da história disponíveis e quiser comprar uma lembrancinha pode ser que gaste umas 2 ou 3 horas.

Depois seguimos para o O Sony Center na Potsdamer Platz que se tornou uma atração turística na cidade por ser um complexo de lazer com lojas, cinemas e muita tecnologia futurística. Além disso, é uma parada estratégica para quem procura um rápido lanche como mostramos nesse post.

Visitamos um dos maiores cartões-postais o Portão de Brandenburgo que está para Berlin assim com o o Arco do Triunfo está para Paris. Ele foi construído para servir como uma das entradas para a cidade no XVIII.

Por fim, conhecemos a Berliner Fernsehturm (em português a antena de televisão de Berlim) é uma torre de televisão localizada no centro da cidade de Berlim, Alemanha, especificamente na Alexanderplatz. A torre é facilmente visível de alguns bairros de Berlim e é um símbolo da cidade. Quem gostar pode subir no observatório e admirar a cidade do alto, mas achamos o tempo muito corrido para subir, afinal já era fim de tarde.

No dia seguinte pegamos novamente o ônibus Hop-on / Hop-off para passear pela cidade. No interior um guia vai falando ao microfone cada vez que nos aproximamos de um ponto turístico. Além disso, um mapa nos ajudou na localização e na decisão de qual circuito seguir para descer e visitar.

Durante o passeio algumas cenas nos surpreendiam como por exemplo, “carruagens” no meio do trânsito com noivos, que mais tarde viemos a saber que é muito comum por lá.

Paramos primeiro no Memorial do Holocausto para as vítimas judias. Um campo com dezenas de esculturas geométricas de pedra expostas de forma deseordenada para dar a sensação de intranquilidade mesmo. É muito forte, apesar de não ter nenhuma cena chocante, mas saber da história e entender o motivo do memorial já basta.

Passamos também pelo prédio do Parlamento próximo ao Portão de Brandemburgo que já foi incendiado pelos nazistas e tem visitas guiadas atualmente.

Mas a parte mais curiosa da cidade é o parque Tiergarten que fica bem no centro de Berlin e possui dois prédios históricos no seu interior. Nesse parque existe uma área pública que no verão é aberta ao nudismo, isso mesmo, o povo fica sentado na grama pegando sol e muitos totalmente nus. Como não pegava bem ficar tirando fotos dentro e de perto, tiramos essa na saída quando subimos no ônibus.

No dia seguinte segtuimos para conhecer a Ilha dos Museus que é uma ilha no rio Spree, localizada no centro da cidade de Berlim, no distrito de Mitte, Alemanha.

É lá que fica o Altes Museum (Museu Antigo) é o maior e mais importante museu do mundo no campo da arte antiga da Grécia, Roma e Etrúria.

O povo aproveita inclusive o chafariz nos jardins do Museu para se refrescar no calor.

Lá também é a “casa” da Berliner Don ou a Catedral de Berlin.

E, para fechar com chave de ouro fomos visitar o Zoológico de Berlin que tem mais de 13.000 animais dentre eles alguns raros, como o panda gigante, gorilas ou quivis. O zoológico de Berlim é o mais antigo da Alemanha e o nono mais antigo do mundo.

Publicado em Alemanha, Berlin | Com a tag , , , | 1 comentário

O Muro de Berlin e o Checkpoint Charlie – A divisão da Alemanha

Estando na Alemanha, visitamos o muro que causou a maior discórdia do mundo: o muro de Berlin. E não à toa, esse muro que separava a Alemanha Ocidental da Alemanha, tem vários pedaços conservados até hoje e recebe visitantes do mundo inteiro que tentam entender o quão prejudicial pode ser um pedaço(ou vários) de concreto.

Muro de Berlin

Em geral, há muitos turistas querendo chegar perto (ou o mais perto possível) dos restos do muro que ficam gradeados evitanto a destruição total desse pedaço de História que existiu de 1961 à 1989. Ao longo da Cidade alguns pedaços do muro foram mantidos de pé para não apagar da mente das pessoas o quão doloroso foi o tempo da separação mas também o quão revolucionário foi após sua queda. Os pedaços restantes ganham nomes que viraram ícones e traduzem exatamente o sentimento da população. O da foto acima chama-se Topography of Terror ou Topografia do Terror e qualquer semelhança com a realidade não é mera coinsidência, pois era exatamente ali que que a Gestapo operava e que abriga um prédio que guarda a documentação do período nazista. É proibido tirar pedaços do muro sob penas da lei, mas muitas lojinhas de souvernir vendem por menos de 5€ (cinco euros) o que seria um pedaço original como símbolo de Berlin.
Verdade ou não, o trouxemos ainda que só para guardar na memória.

Pedaço do Muro de Berlin

Para conhecer em detalhes esse pedaço da história, visitamos o East Gallery Wall que é um muro, só que dessa vez composto por painéis ilustrativos e super coloridos contando como tudo aconteceu, desde os planos de erguer até a derrubada desse monumento.

East Gallery Wall

Quando a Alemanha era dividida em Alemanha Ocidental e Alemanha Oriental durante a Guerra Fria, haviam vários postos de controle (Checkpoints) nas divisas que eram apelidadas de acordo com o alfabeto fonético da OTAN: alfa, beta, charlie… Mas o mais famoso acabou sendo o o Checkpoint Charlie que se tornou um símbolo da Guerra Fria, representando a separação do leste e oeste, e para alguns alemães orientais uma estrada para a liberdade.

Checkpoint Charlie

O Checkpoint Charlie foi projetado como um simples posto militar para passagem de estrangeiros e membros das Forças Aliadas da Alemanha Ocidental para a Alemanha Oriental. Os membros das forças Aliadas não tinham permissão para utilizar outra passagem destinada para estrangeiros. Uma curiosidade sobre esse posto é que ele era assimétrico, pois, a parte oriental foi expandida, não apenas para incluir o muro, torre de observação e barreiras em ziguezague, mas também varias ruas onde carros e seus ocupantes eram revistados. Hoje em dia, não há mais nada disso e os carros e pessoas circulam livremente e muitas até fazem pose com os soldados que tomam conta do checkpoint.

Chechpoint Charlie

Para visitar esse pedaço da cidade usamos os ônibus turísticos que permitem paradas e subidas ao longo do dia inteiro. Mas é possível chegar lá de metrô descendo nas estações Potsdamer Platz na linha U2 ou utilizando o S-Bahn estação Potsdamer Platz linhas S1, S2, S25.

Ônibus turístico

As visitas à esses espaços formam dentro de nós um mix de tristeza por todo o contexto da história e ao mesmo tempo alegria em saber que nada mais será como antes e pela oportunidade de ver de perto esse ícone alemão. Fizemos um vídeo para tentar transmitir um pouco desse turbilhão de emoções.

Publicado em Alemanha, Berlin | 1 comentário

Bauernfest – a Festa do Colono Alemão em Petrópolis

No final de semana retrasado fomos para Petrópolis onde aconteceu a Bauernfest- a Festa do Colono Alemão, que existe há 21 anos para celebrar a presença da cultura Germânica na Cidade e os marcantes traços de sua colonização.

A festa foi no Palácio de Cristal (um dos maiores pontos turísticos da cidade) e noa arredores. Tudo é ricamente enfeitado com flores, símbolos alemães, fitas coloridas e tudo que seja típico.

No interior do Palácio houveram várias apresentações de grupos teatrais e circenses e a história de Petrópolis e sua relação com a Alemanha contada em painéis.

Nos jardins do Palácio, várias barraquinhas de comidas e souvenirs à venda. Até restaurantes famosos montaram suas filiais e claro, como não poderia deixar de ser, a cerveja Bohemia também estava presente vendendo chopp e representada com um enorme barril que recepcionava os visitantes logo na entrada.

A festa se estendia pelo lado de fora do Palácio com várias barracas e espaço para refeições como uma grande praça de alimentação ao ar livre.

Em uma das extremidades da rua ficava o palco para as apresentações de grupos de danças típicas alemãs e até um concurso de Chopp a metro.

A Bauernfest acontece todos os anos nessa mesma época. No próximo ano vamos avisar a data com antecedência aqui no blog para que todos possam ir.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Publicado em Petrópolis | Com a tag , , , , | Deixar um comentário